Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Isto está tudo preso por arames

Como é evidente para quem quer ver este texto não deixa dúvidas. E o pior é que nem sequer está nas mãos do governo evitar o que aí vem. Não é "se" é "quando".

Quando a inflação chegar aos 2% ( horizonte que o Banco Central Europeu procura com a política de taxas de juro) as taxas de juro também subirão para pelo menos 2% e a hecatombe é inevitável.

Seis por cento do PIB só para juros.

Entretanto  PCP e BE ideologicamente cegos pressionam para que o excedente nas contas seja aplicado em mais despesa pública. Mais despesa, mais impostos e aí estamos no circulo infernal.

Não é por birra nem para ter as mãos livres para fazer asneiras que António Costa quer a maioria absoluta e assim ver-se livre dos partidos extremistas. É que o que aí vem vai exigir rigor que é coisa que a extrema esquerda não tem nem quer.

Sem dinheiro para investir e com uma dívida que não pode crescer o Estado não consegue responder às necessidades de investimento e, como aqueles partidos não querem o investimento privado, a economia não cresce o suficiente.

Mas que seja o PS a arrostar com as dificuldades que se adivinham para os próximos dois anos se calhar até é justo que volte a ser governo.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.