Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Isto assim rebenta

Paulo Baldaia já está a preparar-se para poder dizer " eu em Outubro de 2017 avisei"...

O PS cede ao PC para o compensar da derrota das autárquicas e o BE anda alegremente a ver se alguém nota que também existe. Mas começam a ouvir-se os que até há bem pouco tempo aplaudiam a festança.

Se a despesa pública com salários e pensões subir mais do que o crescimento económico previsto, então convém acender a luz amarela. Os sarilhos podem demorar mais ou menos tempo a chegar, mas vão chegar. Esta equação é fácil de fazer e é válida para todas as economias, mais ainda para uma economia que saiu há pouco dos cuidados intensivos e está altamente dependente do que se passar noutras paragens. E não, não se trata de um debate entre esquerda e direita ou entre público e privado, é uma conversa sobre uma inevitabilidade: não se pode distribuir mais do que aquilo que existe.

E nem o governo esconde a realidade : A informação, dada pelo governo aos partidos, de que o crescimento económico vai desacelerar, não sendo uma novidade, deve fazer-nos redobrar a atenção para com o crescimento da despesa pública.

Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.