Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Injectar mil milhões na TAP é um insulto

Com mil milhões salvam-se inúmeras empresas viáveis, milhares de empregos e relança-se a industrialização do país. Injectar mil milhões na TAP que mesmo no apogeu do Turismo deu prejuízos é um insulto.

Tal como a maioria dos países europeus Portugal não precisa de uma companhia aérea de bandeira. O seu lugar seria rapidamente ocupado por empresas mais rentáveis, mais baratas e com melhor serviço e os seus activos contratados bem como o seu pessoal . Para termos uma ideia daquilo que está a ser planeado, o dinheiro que se planeia injectar na TAP daria para acabar com as listas de espera para consultas no SNS e ainda sobraria para baixar alguns impostos, estimulando a economia.

Portugal tem que fazer parte do cluster industrial europeu que vai receber de volta as indústrias que hoje operam em países asiáticos .

"Portugal quer estar na linha da frente da reindustrialização e pôr ao serviço da Europa as suas enormes capacidades em matéria industrial".

"Fala-se do têxtil e do vestuário, do calçado, mas também de engenharia, farmacêutica e agroalimentar. Portugal quer ser um fator de industrialização, um 'cluster' industrial poderoso na Europa da reindustrialização.

Entretanto gasta o dinheiro que não tem em empresas inviáveis.

6 comentários

Comentar post