Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Henrique Neto, carta aos socialistas

Henrique Neto é sério e não precisa de partido nenhum para ter sucesso na vida. E tem coragem para apontar a situação calamitosa a  que chegou o país após a governação anterior.

O ex-deputado e agora candidato às presidenciais explica quais são os motivos de desilusão e indignação com o então primeiro-ministro: “autoritarismo, endividamento do Estado para além de toda a prudência, parcerias público-privadas ruinosas, privilégios de setores da economia de bens não transacionáveis à custa do conjunto da economia”.

Sobre Sócrates, lembra que “conduziu o país para a dependência externa, para a estagnação económica e para o empobrecimento das famílias portuguesas, ao mesmo tempo que muita gente enriqueceu sem causa conhecida”.

O povo português, em eleições livres, derrotou a política estatista e cúmplice dos grandes negócios feitos à sombra do estado. Henrique Neto tinha razão quando ergueu a sua voz numa altura em que poucos mostraram coragem para o fazer. Tem legitimidade para o lembrar agora.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.