Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Governo inicia reembolso antecipado ao FMI

O governo colocou dívida a 30 anos, isto é , para além do prazo de vencimento dos empréstimos do FMI e do Eurogrupo. As taxas de juro que o país consegue ( 2,65% a dez anos) são mais baixas que a taxa do FMI (+-3%). Estão reunidas as condições para o país iniciar o reembolso antecipado.

É neste contexto, em que o financiamento no mercado se faz a taxas de juro mais baixas que as do empréstimo no âmbito da assistência financeira, que o Governo decidiu antecipar o reembolso do empréstimo concedido pelo FMI, um cenário que nos últimos dias foi considerado "interessante" por Cristina Casalinho, que preside à Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP). 

Maria Luís Albuquerque sublinhou ainda o facto de todos os indicadores conhecidos até ao momento apontarem para o facto de a execução orçamental de 2014 ter corrido bem, dentro dos limites previstos pelo Governo, uma folga que nos últimos dias foi assinalada pela UTAO e pelo Conselho de Finanças Públicas

Tudo isto terá, obviamente, repercussões muito positivas na economia.

3 comentários

Comentar post