Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Entre aumentar o salário mínimo e aumentar o desemprego

O salário mínimo não tira a economia dos baixos salários embora seja mais do que justo aumentá-lo. O que o salário mínimo faz é impedir que os desempregados encontrem emprego. É esta a diferença entre o que diz António Costa e Bruxelas .

Depois de concluída a terceira avaliação pós-programa de assistência financeira da troika, a Comissão Europeia defendeu, esta segunda-feira, que os aumentos do salário mínimo previstos pelo Governo português vão ter um impacto negativo não apenas no emprego mas também na competitividade externa do país. Em resposta, já esta terça-feira, o ministro do Planeamento e das Infra-estruturas, Pedro Marques, respondeu a Bruxelas dizendo que o Governo demonstrará que existe margem de manobra para o aumento do SMN.

Também o FMI tem vindo sistematicamente a demonstrar a sua oposição à políticas do Executivo de António Costa no que diz respeito ao SMN. Num documento publicado pela instituição sedeada em Washington, já em Abril, o FMI apontava o dedo à "reversão" de reformas estruturais encetada pelo Executivo aludindo, entre outras, ao "aumento do salário mínimo".

smn.jpg