Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Descentralizar na Educação - a Fenprof está contra como é óbvio

Descentralizar é aproximar os centros de decisão dos problemas. A proximidade é um poderoso instrumento de gestão. É um dos princípios basilares da moderna gestão das organizações. Mas claro, tira poder aos que centralmente e à distancia dominam os diversos centros de decisão intermédios.

O governo avançou com a municipalização das escolas, envolvendo os poderes locais na sua gestão. Proximidade, vivência do ambiente escolar e social, tudo argumentos a que a FENPROF deita mão para justificar os maus resultados escolares mas que repudia quando são implementados ."

Os contratos têm por objecto a delegação de competências do Ministério da Educação e Ciência nas áreas de políticas educativas, administração educativa, gestão e desenvolvimento do currículo, organização pedagógica e administrativa, gestão de recursos e relação escola/comunidade.

Esta municipalização de competências começa com as autarquias de Águeda, Amadora, Batalha, Cascais, Crato, Maia, Matosinhos, Mealhada, Óbidos, Oeiras, Oliveira de Azeméis, Oliveira do Bairro, Sousel, Vila Nova de Famalicão e Vila de Rei.

Um embuste diz o alucinado Mário Nogueira a ver as suas vítimas fugirem-lhe entre os dedos.