Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Criticar António Costa é atacar Portugal

Vai bonita vai a questão da nomeação do procurador para a UE. O PPE ( Partido Popular Europeu - o maior partido a nível da UE ) também já entrou na refrega apresentando o caso à Comissão Europeia e à Presidente . Uma batota pegada que nos faz lembrar tempos ainda bem próximos.

Mas quem anda a utilizar a presidência portuguesa para fazer campanha contra Portugal abre um precedente gravíssimo e não terá da nossa parte a menor complacência. Disse aqui os nomes [Paulo Rangel, Poiares Maduro e Ricardo Batista Leite] porque sei bem quem anda a organizar esta campanha internacional .

Manterei o exercício democrático de oposição e fiscalização do governo, lutarei sempre e em todas as instâncias pela verdade e dignidade do Estado português, porei sempre os interesses de Portugal – incluindo na presidência portuguesa – na linha da frente da atividade política e cívica”, diz o eurodeputado social-democrata.

Poiares Maduro insiste que é “profundamente antidemocrático” confundir crítica com traição. “Acho que confundir uma crítica ao Governo, ou a um ministro do Governo ou a uma decisão da ministra da Justiça, com uma crítica ao país ou com um ato de traição contra o país é dificilmente qualificável”,

Está bonito, está, e o dinheiro de Bruxelas está aí a chegar.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.