Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Costa despediu Centeno por este ter pago ao Novo Banco

António Costa despediu Mário Centeno por este ter transferido para o Novo Banco uns largos milhões para compensar os prejuízos de 2019. Dizia o Primeiro Ministro que sem auditoria nem pensar.

Agora Costa defende o contrário e não o faz por menos. O país não pode incumprir um contrato assinado pelo Estado sem irreparáveis consequências nos mercados financeiros internacionais. E pisou todas as linhas vermelhas para que a transferência se efectuasse junto de todos os partidos incluindo o Chega. 

Já estamos habituados a esta prática do Primeiro Ministro. A culpa nunca é dele. Não nos fogos e nas mortes de mais de uma centena de cidadãos ( ele que foi ministro da Administração Interna e  principal mentor da política em vigor). Não por ter derrubado um muro à esquerda porque precisou de salvar a pele após uma derrota eleitoral vergonhosa. Não porque cativou verbas do orçamento levando o SNS a uma situação de défice de tesouraria permanente com listas de espera onde só há pobres, idosos e doentes. Não porque reduziu o horário dos trabalhadores da função pública sem cuidar de saber se com isso também reduzia os serviços públicos prestados.

Já não é habilidade nem génio como alguns salivavam. É apenas um político com uma longa carreira política confrontado com o seu fim . Paz à sua alma.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.