Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Construam-me, porra!

Alqueva está a mudar o Alentejo. E a nossa agricultura. Verdes, fruta, oliveira, vinho, turismo...mas a água tarda a chegar. Parece que é desta. A barragem de Alqueva foi iniciada nos governos de António Guterres. Há mais de vinte anos e depois de tanto dinheiro desbaratado em obras inúteis. De acordo com a EDIA, atualmente, dos cerca de 120.000 hectares de regadio do projeto global de Alqueva, 68.000 estão instalados, 20.000 em obra, 20.285 foram hoje adjudicados e os restantes 10.000 estão em processo de concurso e vão marcar a conclusão do empreendimento em finais de 2015. Produtos para exportar e para substituir importações isto, claro está, se não continuarmos a comer uvas do Chile . Na região até existe o aeroporto de Beja que bem poderá ser a porta de escoamento dos produtos frescos para toda a Europa. E o porto de Sines também está ali perto. Como estava escrito, nos anos 70, numa das paredes da barragem em bom Alentejano : Construam-me, porra!

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.