Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Com honra, Vieira põe, Vieira tira

Com o Primeiro ministro à frente Vieira decreta que todos os políticos e afins saiem da sua comissão de honra, onde entraram porque o próprio os convidou.

Transformados em marionetas e em rebanho os políticos e afins saiem como entraram. Bem mandados. Vieira manda e é obedecido. Vá lá saber-se porquê.

Num país onde um secretário de estado foi demitido porque ameaçou com umas "honestas chapadas" e um ministro porque mostrou um par de "corninhos", é deveras extraordinário que o Primeiro Ministro se deixe tratar desta forma por um homem cercado pela Justiça e não se demita.

Quando homens da política e do futebol se juntam é porque têm interesses comuns. Não é boa ideia para ninguém e dá a sensação que qualquer deles já está acima de qualquer escrutínio. Muito perigoso.

A humilhação é ter entrado ou ter sido corrido ? Em qualquer dos casos é grande e indesculpável.

 
O Vieira libertou o Costa do fardo da Comissão de Honra. Ele aparentemente não tinha genica para sair pelo próprio pé. Libertaram-no da chatice, mas não da mancha de lá ter estado. Nunca chegou a reconhecer o erro. Já lá não está. Mas na verdade nunca saiu. Deixou-se empurrar. É o António Costa. É assim. Tudo nele é sempre dúbio, manchado, pouco claro. E quando é mesmo certo e claro, o melhor é fugir.

1 comentário

Comentar post