Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Com a queda do preço do petróleo Portugal poupa 5 mil milhões de dólares anuais

O preço por barril anda agora à volta dos 74 dólares e já está a testar a barreira dos 70 dólares. A OPEP foi o cartel mais bem sucedido da história, pois conseguiu ditar as regras da cotação do petróleo durante várrias décadas mas esse período acabou. Já não manda no petróleo.

Os USA são os grandes vencedores desta batalha graças ao investimento que fizeram na produção de gás e petróleo não convencional, os designados Shale gás e shale oil, extraídos no território americano. Foi fraças a este investimento que os USA deixaram de importar grandes quantidades de gás natural e petróleo a fornecedores tradicionais.

Há um excesso de produção, com a entrada no mercado produtor do Brasil e do Canadá, passando pela costa oriental de África, e que atingiu uma produção diária de 87 milhões de barris .

Segundo o maior produtor americano, as bacias de extração de shale continuam rentáveis até um preço de barril de petróleo de 40 dólares . Quer dizer, o preço do barril atual veio para ficar se não mesmo para continuar a descer.

Com isto a economia Portuguesa crescerá mais, entre 0,5 e 1 ponto percentuais acima das previsões económicas (importação de 300 mil barris por dia a 119,7 dólares/barril). A descida do preço do petróleo é decisiva para a indústria petroquímica e para todo o sector dos transportes. As famílias e as empresas reduzem a sua factura de energia e isso é bom. A GALP e a PARTEX, em sentido contrário, é que vão perder por serem exportadoras.

Já este inverno os portugueses vão ter custos de gás natural inferiores.

( Expresso)

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.