Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Chega de faz de conta com as taxas de juro

As empresas perdem competitividade e só não percebe isso quem não quer ou anda na política a fazer de conta .

“Não interessa se temos juros a quatro por cento. O que interessa é que os juros sobem mais em Portugal do que noutros países, como Espanha e Itália. E isso vai encarecer os custos das empresas e perdemos competitividade”, afirmou.

O também presidente do Conselho Geral e de Supervisão da EDP  mostrou-se ainda preocupado com a falta de atenção ao rating da república pelas agências de notação financeira, que está no nível conhecido como “lixo” nos mercados financeiros. “A taxa de juro ainda está baixa, mas ninguém se preocupa por subir para Investment grade”, afirmou.

Basta olhar para a trajectória da taxa de juro, sempre a subir, para se compreender que está ali uma bomba armadilhada pronta a rebentar. O BCE ajuda, mas a baixa inflação, a débil economia, e a monstruosa dívida são um detonador eficaz. Rebenta quando menos se espera. 

E mesmo pagando mais é cada vez mais dificil a colocação de dívida .

2 comentários

Comentar post