Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Cavaco exige que PCP e BE sejam europeus

António Costa tem trabalhos de casa para fazer. Convencer PCP e BE a serem europeus. E limpinho no papel. Para o presidente não basta, nem por sombras, a palavra dos comunistas. Vão ter que assinar um acordo público, não envergonhado, em que aceitam tudo o que não querem. E, claro, fica subentendido que ou os partidos anti-europa aceitam sem subterfúgios esses princípios ou Cavaco avança para um governo de iniciativa presidencial.

Estão lá, no tal trabalho de casa, todos os compromissos que Cavaco desde o seu primeiro discurso, impôs como condição para empossar o governo PS apoiado pela extrema esquerda. PCP e BE, mas principalmente o PCP, vão ter que tapar os olhos e assinar . Já o fizeram uma vez com Mário Soares mas agora é muito mais indigesto.

É o mínimo para que o governo possa ter alguma credibilidade . Mal esteve quem pensava que Cavaco Silva andou a perder tempo. E os que o tentaram apoucanhar têm agora um guardanado onde limpar a cara. Os cenários estavam mesmo estudados.

Quem ganhou como ninguém quatro maiorias absolutas e é o politico com mais tempo em funções mostrou que a experiência é quase tudo.   

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.