Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

As exigências orçamentais dos neomarxistas

Perderam as eleições e nalguns casos até recuaram notoriamente na votação mas não se envergonham de querer "definir as regras da legislatura".

Deveria exigir-se que cada uma das propostas de alteração fosse acompanhada de uma estimativa rigorosa do impacto orçamental. Não sendo o caso, consubstanciam, além de pretensiosismo, irresponsabilidade em doses difíceis de suportar por uma mente saudável.

Como já não é possível bombardear o Palácio de Inverno, o ataque faz-se pela via fiscal. Os neomarxistas sabem que a revolução nunca trouxe felicidade e desenvolvimento económico e que só por via reformista se consegue. Sucede que as reformas só existem num quadro democrático de plena liberdade, da iniciativa individual - sem depender do estado e, se necessário, contra o Estado. Sem iniciativa individual não há elevador social passaremos todos a ser nivelados por baixo até atingir uma sociedade em que todos estão dependentes do Estado.

Os partidos à esquerda do PS dedicam-se sem pudor  a um infindável e despudorado rol de exigências de mais e mais despesas públicas, mais e mais impostos sobre tudo o que mexe. Uma vez conseguidas serão afixadas em todos os largos e ruas como conquistas suas - com o dinheiro de quem trabalha.

E, claro, para os neomarxistas só há duas maneiras de pagamento : ou mais défice ou mais impostos. Chamam a isto negociar o Orçamento na especialidade.

PS : MST Expresso

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.