Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Agora em Cuba - Esses aborrecidos erros e desvios

 

Cuba começa a dar os primeiros passos num caminho que nos é familiar: prepara-se para, de facto se não imediatamente de jure, abandonar o modelo marxista de economia centralizada comandada pelo Estado. Ou seja, para dar um chuto no rabo da distopia comunista. É um rabo cheio de nódoas negras, de tantos pontapés que já levou.
Mais uma vez, uma "experiência" comunista falhou em toda a linha. Os fiéis desta religião - que ainda os há e não são poucos - virão explicar que foram cometidos erros e que houve desvios da pureza do modelo. Erros e desvios que produziram campos de concentração, tortura, prisão e morte de críticos e minorias (como os homossexuais), privilégios obscenos para as elites, supressão da liberdade de expressão, de viagem, de propriedade, de escolhas de vida, pensamento único, polícia política ... E, como se tudo isso não bastasse, uma imensa destruição de riqueza e dos meios para a produzir. Os cidadãos estão na miséria, um médico ganha 15 euros por mês, falta quase tudo nas "lojas" do estado, o racionamento impera, a luta clandestina e desesperada por dólares é a razão maior para um cidadão se levantar da cama e mexer-se. Gerações de cubanos vergados à glória da revolução. Miséria material, miséria moral, miséria humana.
E para nada. Não se fazem omeletas sem partir ovos, dizem os fiéis. Curiosamente, nunca conseguem chegar à omeleta.
Erros e desvios. Coisa pouca, segundo os camaradas. Só precisam de experimentar mais vezes, partir mais ovos, arruinar mais nações, destruir mais vidas, que um dia ainda vão atinar, vão produzir a omeleta perfeita! É científico, percebem?

 

 

 
 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.