Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Acreditar na previsão de crescimento da economia do PS é uma questão de fé

O governo prevê um crescimento da economia até 2,2% bem acima do FMI e de outras instituições financeiras, como BdP e Eurogrupo . O PS prevê um crescimento de 2,6%. Era bom era. Mas esta previsão tão acima de todas as outras aponta para um exercício contabilístico e não para um exercício económico. Quanto é preciso crescer para acomodar toda a despesa ? 2,6 %? Então que seja. Uma questão de fé.

Por outra lado que o PS acredite num crescimento tão robusto é uma bela homenagem ao trabalho do governo. Afinal sempre foi possível a austeridade e, ao mesmo tempo, crescer.

É que este crescimento de 2,6% permite a arrecadação de mais impostos (+- 6 000 milhões ? ) e a redução do desemprego para baixo do limite de 10% (7,4%). Tudo com o tal passe de mágica. Prever o crescimento da economia em 2,6% valor que nenhuma outra instituição se atreve a prever. 

Há até muito boa gente, conhecedora, que diz que um dos grandes problemas da Europa é conseguir crescer acima dos 2% tendo em conta a demografia ( milhões de idosos ) e a baixa natalidade bem como o nível a que as suas economias já chegaram.

Mas como se vê nada é impossível quando a fé é muita .

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.