Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

A nossa dívida não para de crescer

É a segunda dívida mais elevada e voltou a crescer . É uma pena a realidade contradizer o governo e Marcelo . E as taxas de juro são proibitivas. Tudo boas notícias. Agora dizem que as taxas a muito curto prazo são negativas e as taxas a médio longo prazo são muito altas e não percebem o que é que isto quer dizer. Nem Marcelo . Dizem que é bom . Marcelo até diz que já estamos a reestruturar a dívida. O que Marcelo não diz é que estamos a prolongar os prazos a taxas que rondam os 5% e que a dívida antiga paga taxas bem mais baixas que as actuais.

A taxa média continua a crescer e a dívida também cresce. Dizem que é bom.

Segundo o gabinete oficial de estatísticas da UE, face ao terceiro trimestre de 2015, 11 Estados-membros viram a sua dívida pública aumentar em função do PIB, com as maiores subidas a ocorrer na Grécia (4,4 pontos percentuais para os 176,9% do PIB), na Lituânia (3,1 pontos, para os 41,3% do PIB) e em Portugal (2,9 pontos percentuais, para os 133,4% do PIB).

2017jan23_divida-01-1.png