Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

A negociação da dívida - a criação das obrigações seguras europeias

Esta é uma das reformas mais importantes . Cortar o vínculo dos bancos em dificuldades com os estados. A comissão que está a tratar a matéria tem obtido grandes progressos e está agora a passar para a fase da implementação . Comissão que é constituída pelo BCE, e pelos reguladores dos países da Zona Euro.

O diagnóstico do problema é comum, mas a sua resolução tem esbarrado na impossibilidade política de avançar com as famosas "Eurobonds" - que consistem na emissão de dívida conjunta ao nível da Zona Euro, com responsabilidade partilhada entre os países - o que, indirectamente permite transferências orçamentais entre Estados-membros.
As "obrigações europeias seguras" tentam responder às duas dimensões, disse Ricardo Reis ao Negócios. A ideia é ter uma entidade europeia a comprar um cabaz de dívida dos países da Zona Euro, emitindo depois a obrigação garantida por obrigações soberanas (OGOS) dividida em duas tranches, uma sénior (que seriam as "obrigações europeias seguras"), e outra júnior, com mais risco.

A criação de "obrigações europeias seguras" foi uma das cinco ideias destacadas pelo Negócios para reformar a Zona Euro aquando da comemoração dos 60 anos da União Europeia

E assim se faz a renegociação da dívida sem calotes, com juros baixos, pagando o que se deve .

Percebem Catarina e Jerónimo ou precisam de um desenho ?

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.