Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

A maior revolução florestal desde D. Dinis

Cães nos restaurantes e coisas do género, engordar o estado com mais despesa, mais funcionários públicos, aumentar salários e pensões e ir buscar o dinheiro necessário onde existe. É todo um programa de governação.

Mas quanto à floresta não há tempo nem atribuição de prioridade. Arde, habituem-se !

À entrada do verão que se sabia quente e seco a ministra substituiu as chefias experientes por gente inexperiente do partido e com cursos "à relvas " . Falharam estrondosamente como não podia deixar de ser .

António Costa muito chateado por a sorte desta vez lhe ter virado as costas, disse ao que vem quanto à floresta. O que se pode fazer a curto prazo não se fez porque estava à espera do relatório técnico e, quanto ao longo prazo, ninguém está à espera que se faça do pé para a mão.

Além disso o Capoulas já tinha anunciado que a maior revolução na floresta desde D. Dinis já estava " on road ", nem precisou de esperar pelo tal relatório . Siga, que o que é verdade ontem é mentira amanhã.

E, no meio deste desnorte, morrem mais de cem pessoas. As populações a partir de agora devem autoproteger-se e serem reactivas ( atacar o incêndio ) porque já sabem que o governo não pode fazer mais nada.

O governo não pode desviar-se do seu focus, manter o PCP e o BE em permanentes conversações para segurar os sindicatos e a paz social.

Há tempo para mais ? Não há !

PS :

Há uma diferença gigantesca entre governar e fazer a redistribuição de rendimentos em favor dos que nos asseguram que ficamos no poder. Costa, hoje, é só isto. Podia ser mais, mas não é. E isto não é o regular funcionamento das instituições, do governo no caso. O PR?