Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

A greve no dia de exames é mesmo para prejudicar os alunos

Se a greve não prejudicar ninguém não serve para nada .É a partir deste argumento que as greves na Educação são marcadas para um dia de exames.

Este argumento é inaceitável .

"Há outras coisa que me desagrada no meio disto", prosseguiu Ferreira Leite: "Os sindicatos sabem que não foi por acaso que marcaram a greve para esse dia. E a despeito disso, como [os sindicalistas] já não são crianças, cada um deve dar a cara a assumir rigorosamente as decisões que tomam".

"Eu aceitava mais facilmente que os sindicatos constituídos, não por crianças mas por pessoas crescidas, tivessem a coragem de dizer que iriam fazer greve no dia dos exames porque desta forma [ao afetar pais e alunos] exercem mais pressão sobre o Governo. Aquilo que mais critico é que não assumam isso", rematou.

Os pais e os alunos há décadas que servem de arma de arremesso na luta política.

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.