Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

A proletarização do 5 dias

A senhora "salário mínimo" onde aparece baixa o nível. Quando foi aquela triste história do "salário mínimo", no "Prós e Contras", contra um jovem empresário que nos seus dezasseis anos de vida já fez o que a senhora intelectual nunca fez e jamais fará( criar postos de trabalho) ainda pensei que tinha sido uma noite infeliz. Mas, não, a senhora é mesmo fraquinha.

Vem agora dizer que estamos perante a maior proletarização da história. Médicos, professores e outros estão todos a empobrecer, a "proletarizar". Eu, francamente, julgava que quem está a empobrecer é quem ficou sem trabalho que, como se sabe, são os trabalhadores da privada, das pequenas e médias empresas que há muito deviam ter saído do mercado. Porque não inovaram, não investiram e viviam do "salário mínimo" que tanto apoquenta a senhora.

Julguei que o que se está a passar no tecido empresarial e que o comportamento das exportações fortemente indica, é que essas empresa estão em fase de renovação. Melhores produtos, mais inovação. Ainda não chegamos à fase do investimento mas para lá caminhamos, acredito . Mas enfim, isso sou eu que toda a vida trabalhei nas empresas industriais sei pouco de história ( e de histórias)  .

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.