Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Uma curiosidade sociológica

Martim Amis " O mundo divide-se entre pessoas que gostam de revoluções e pessoas que as detestam, e eu detesto-as." As revoluções começam por ser compostas como uma sinfonia romântica e acabam numa dissonância apocalíptica. Todo o revolucionário romântico esconde um autocrata envelhecido. Olhem para Fidel. E olhem para os outros os autores de massacres (....) a grande revolução foi a revolução americana, a única que ainda tem legitimidade. Eu acrescento a minha revolução, o 25 de Abril

Tendo a desconfiar de utopias, amanhãs que cantam, promessas de paraíso. Tendo a desconfiar de revolucionários. Alguns dos que conheci pessoalmente e que aos 20 anos queriam mudar o mundo português em mundo maoísta ou marxista-leninista, acabaram como procuradores da direita mais extrema, uma curiosidade sociológica do género : o capitalismo existe, eu encontrei-o. E amo-o loucamente.

PS : Clara Ferreira Alves - Expresso)

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.