Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Quero ser empresária numa Turquia livre

Noutras paragens luta-se pela liberdade de expressão e de iniciativa individual. Uma jovem mulher quer ser empresária e quer ver a sua orientação religiosa respeitada. Outra jovem mulher, dizia há dias na RTP : " Eles metem-se na nossa vida. É na religião , no que bebemos e nunca mais vão parar". "Eles", os sem rosto que a partir do estado tudo querem controlar e retirarem-nos a nossa vida pessoal.

"“Não sou esquerdista ou anti-capitalista. Quero ser uma empresária e viver numa Turquia livre”, acrescenta.

Mustafa Kemal Atatürk, fundador da república secular criada em 1923 sobre as ruínas do império otomano, encorajou as mulheres a usar roupas ocidentais em vez dos lenços e promoveu a imagem da mulher com uma profissão. Ironicamente, Erdogan é visto actualmente, para o melhor ou pior, o líder mais dominante na política turca desde Atatürk.

A luta é sempre esta. Entre a democracia, a liberdade, a sociedade civil e o poder discricionário do estado e dos seus subsídio - dependentes. Nunca devemos esquecer isto. A luta foi, é e será sempre a mesma! Na Turquia ou em Portugal!