Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Os exames não são impreteríveis mas a greve é

Dizem os sindicatos que os exames não são impreteríveis e que podem ser efectuados noutro dia qualquer. A greve é que não, foi marcada em cima dos exames porque não pode ser efectuada noutro dia. Aliás, este assunto já foi objecto de decisão dos tribunais no tempo de Maria de Lurdes Rodrigues que deu razão ao ministério.

Mexer na vida de milhares de alunos e de centenas de professores não tem problema nenhum, mas a greve tem que ser mesmo naquele dia.

É por esta e por outras que é preciso que o ensino deixe de ser centralizado e sindicalizado. Os alunos não estão no centro do sistema. O que está no centro do sistema de ensino são os interesses corporativos dos professores. E o interesse partidário dos sindicatos.É preciso dar autonomia à escola e as famílias terem o direito à escolha.