Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Já temos duas moedas : o Euro Alemão e o Euro Cipriota

O Euro foi criado à imagem do Marco Alemão. Serve para as economias fortes e prejudica as economias frágeis. Quando da preparação para a entrada no Euro, houve poucas pessoas que chamaram a atenção para este erro original . Mas os subsídios falaram mais alto e, a Alemanha, jogou com subsídios generosos para terminar com qualquer contestação por mais pequena que fosse.

O Prof Ferreira do Amaral foi uma dessas poucas pessoas. Continua a dizer, em livro recentemente publicado, que Portugal não tem salvação se não sair do Euro. O que não quer dizer que tenha que sair da UE. Assim, a jeitos do Reino Unido. Só um intenso choque competitivo levará a economia a crescer, mas para ser suportado pela população tem que provir, necessariamente, da desvalorização cambial. Sem a saída do Euro a estagnação da economia manter-se-á por décadas e sem um mínimo de autonomia política. Ferreira do Amaral insiste na "saída controlada".

Sair do Euro empurrados seria um desastre mas é o que acontecerá se persistirmos em lá nos mantermos a todo o custo. Isto não implica a saída da UE, mas temos um continente à nossa espera : a América!

O Chipre é um pequeno exemplo do que virá a seguir se persistimos na política do "custe o que custar".