Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Um projecto de poder pessoal

Pedro Nuno Santos já pôs as pernas a tremer aos alemães, já ameaçou que o PS nunca mais governaria com a direita e agora ameaça enterrar milhões na TAP.

Quer visibilidade para a luta que trava dentro do PS. Com a pandemia desapareceu, quem aparece diariamente na  televisão é Costa e Siza Vieira e por vezes Medina. Todos da ala do PS que nunca dirá que não governará com a direita.

Este político a quem não se conhece obra feita, "nado e criado no PS" como ele próprio se define, quer ser líder do partido e para isso não olha a meios.

Conta com o BE para as suas ambições desmedidas mesmo que isso implique uma grave cisão com a ala direita e social democrata do PS. Mas como já vimos noutro "jovem guerreiro" que levou o país à bancarrota isso pouco importa.

Pedro Nuno Santos é um caso de estudo na política portuguesa. Não o é pela originalidade. São perceptíveis vários casos de escolhas tácticas relativamente à discrepância entre o posicionamento ideológico e a opção partidária. Pedro Nunos Santos é só mais um. Contudo, não deve ser identificado com o socialismo de Mário Soares ou de António Guterres. Nem tampouco com o de António Costa. Pedro Nuno Santos está muito mais à esquerda.

Invariavelmente acabam nas "venezuelas" com que sonham. É jovem não pensa. Olhem que não, olhem que não...

Pág. 9/9