Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

O governo reconhece que 2016 foi um enorme falhanço

Como sempre se soube a economia não anda tendo como motor o mercado interno. Para 2017 o governo mudou de motor e agora aposta no investimento e nas exportações. O que todos sabiam mas que António Costa fazia de conta que não sabia . Mas, é bem claro, que é bem mais difícil dar corda aos sapatos e preparar o país para ter credibilidade e atrair investimento e encontrar países que comprem os nossos produtos.

O organismo (UTAO) assinala que o Executivo reconhece “o arrefecimento da economia que se verifica desde o segundo semestre de 2015” e sublinha “a substituição do papel do consumo privado enquanto motor do crescimento económico pelas exportações e pelo investimento”, via que recorda já ter considerado ser “a mais adequada para a economia portuguesa” no parecer que emitiu sobre o Programa de Estabilidade.

O governo reconhece que 2016 foi um enorme falhanço e para 2017 prepara as eleições autárquicas. Tudo com a assinatura de Costa, Jerónimo e Catarina embora todos digam que não são os pais da criança