Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Portugal é uma bomba relógio à espera de 21 de Outubro

Portugal está no radar internacional pelas más razões. Há pressão que aumenta sobre o país na expectativa de a única agência que mantém o rating acima do lixo possa baixá-lo. É a integração de Portugal na União Europeia que serve de escudo a um possível novo resgate.

Os investidores têm vindo a deixar o país.

Enquanto isso, em Espanha, Irlanda e Chipre os dados económicos coloca-os na vanguarda do crescimento na Europa. 

O El Economista diz que neste momento só a Grécia e Portugal ainda não estão a recuperar da crise de forma sustentável.

Portugal fue uno de los países rescatados por Europa; hasta el año 2011 era una economía donde el Gobierno había incrementado enormemente el gasto público, con una forma de administrarlo y financiarlo tremendamente criticable. Esa política llevó a una enorme expansión de la deuda pública, actualmente en el 130% del PIB, mientras su prima de riesgo supera los 300 puntos básicos.

Uma poderosa rede de intimidação e controlo socrático

As  investigações aos casos que se desenvolveram ao longo dos governos de José Sócrates vêm revelando a existência de uma poderosa e invisível máquina de controlo a vários níveis da estrutura do estado.

Agora é Fernando Lima, ex-assessor de Cavaco Silva que o revela em livro :

Durante o seu mandato, José Sócrates combinou um "autoritarismo oculto que exercia o seu controlo sobre o Estado, a finança, o sector judiciário e as informações" com uma poderosa e invisível máquina de intimidação que denegria todos quantos se atravessavam no seu caminho. Entre as vítimas, estiveram o então Presidente da República, Cavaco Silva, que não se conseguiria recompor das guerras intestinas e acabou por terminar o seu segundo mandato sem rasgo nem carisma, quase irreconhecível.