Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

"Mas quem é que põe dinheiro num país dirigido por comunistas e bloquistas?

Não há almoços grátis e António Costa está a perceber à sua custa. O investimento afundou e isso tem como razão o facto de comunistas e bloquistas quererem acabar com o capitalismo e saírem da União Europeia. Quem é que nestas condições põe cá dinheiro ?

E o atraso dos dinheiros da UE e do baixíssimo investimento público ?  "Se se tivesse de mudar de política na prática o parlamento mudava de Governo porque os comunistas e bloquistas não aceitariam um Governo que não estivesse a fazer aquilo que, no fundo, é reclamado por estes partidos da extrema-esquerda".

PC e BE querem sair da UE e da economia social de mercado mas estendem a mão aos subsídios europeus. Quem é que nestas condições põe cá o dinheiro ?

Sem dinheiro não há investimento e sem investimento a economia não cria postos de trabalho nem a economia cresce. E sem mais riqueza não é possível pagar a dívida que cresce todos os dias.

António Costa e os socialistas esperavam o quê ?

No futebol como na vida prever antes é difícil

O FCPorto não tem uma defesa equilibrada. Os centrais tremem com facilidade e com Slimani e Bryan terão razões de sobra para tremer ainda mais.

Os portistas vão fazer como fizeram no meio da semana em Itália. Povoar o meio campo e marcar bem longe da sua área para evitar as rápidas saídas para o ataque do Sporting.

Por outro lado, não estou a ver como levezinhos, embora tecnicamente evoluídos atacantes portistas, possam ganhar o combate a uma defesa alta, forte e tacticamente muito equilibrada. Que ainda não sofreu golos e que o ano passado foi a defesa menos batida.

O Sporting está em vantagem até porque joga em Alvalade. O FCPorto vai tentar não sofrer golos defendendo longe da sua área. O erro individual vai ter uma influência enorme no resultado final.

E, se no final, os meus leitores acharem que vale a pena, porque acertei ANTES do jogo, vou passar a escrever sobre futebol. Estou farto daqueles analista e comentadores com o ar  que estão no segredo dos deuses.

É por isto que gosto do Jorge Jesus embora digam que é só um ego maior que o mundo

 

Com as mesmas regras da UE todos crescem menos Portugal e a Grécia

Pacheco Pereira também já não tem dúvidas. A economia não cresce mas atribui essa estagnação às regras da União Europeia. Fica sem explicação que as regras sejam só más para Portugal e Grécia pois todos os outros países estão a crescer.

Um a um os inicialmente apoiantes da "solução conjunta" deixam cair as certezas e abanam embora, por enquanto, relutantemente. Mas a realidade, infelizmente, mais tarde ou mais cedo, aparece como Nicolau Santos também já percebeu.

Entretanto o PS já entrou na táctica da última fase socrática. Dizer não, contra tudo e contra todos, até ao momento em que o país terá que pedir nova ajuda externa. A seguir virão as desculpas tipo PECIV ... se nos tivessem deixado continuar...

O que o governo diz sobre o défice é assaz enganador

O insuspeito Vital Moreira no Causa Nostra resume bem a maioria das análises sobre o comportamento do défice.

...Primeiro, o défice orçamental não diminuiu em relação ao mês anterior; aumentou, e muito, passando de cerca de 2900 milhões em junho para quase 5000 milhões em julho (passando num só mês de 52% para mais de 90% do total do défice esperado no final do ano!).

...Não se conhece a estimativa para o rácio défice orçamental/ PIB implícito nos números agora conhecidos, provavelmente bem acima dos 3%. Ora, se não for corrigido este surto de agravamento do défice orçamental nos meses que faltam até ao final do ano, não se vê como é que é possível alcançar a meta do défice prevista no orçamento (2,2%), ou mesmo a meta menos exigente da Comissão Europeia (2,5%).