Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Tal como os outros o PCP para manter o poder faz o que for preciso

Luis Marques Mendes :

SONDAGEM SIC/EXPRESSO

 

Dois dados muito importantes nesta sondagem:

Os portugueses não querem crise política nem acreditam que haja.

A haver eleições antecipadas, PS e BE seriam suficientes para formar governo e PCP tornar-se-ia descartável.

 

O que é que isto prova? Que não haverá crise política nos próximos tempos, designadamente a pretexto da aprovação do próximo Orçamento. Desiludam-se os que já pensavam em eleições antecipadas. E porquê? Por 2 razões claras:

Primeiro: Porque quem abrisse uma crise política, fosse o PS, o BE ou o PCP, seria penalizado. Os portugueses querem estabilidade e não crises.

Segundo: Porque em relação àquele que, em teoria, mais poderia provocar uma crise – o PCP – esta sondagem prova que o PCP nunca dará esse passo.

Porque o PCP é o que mais tem a perder com uma crise. Poderia perder votos para o BE e depois ser descartado da coligação (PS e BE seriam suficientes para fazer coligação). Ou seja: com uma crise o PCP perderia em toda a linha.

Mas dir-se-á: Como é que o PCP pode aprovar um OE restrictivo? O PCP é muito profissional, move-se por objectivos e não brinca em serviço. Se for preciso engolir um sapo (ou uma montanha de sapos) fá-lo tranquilamente como já o fez há 30 anos quando votou em Mário Soares. Só não sabe isto quem não conhece o profissionalismo do PCP.

 

 

 

Sapo e Banda Larga de camisola amarela

 

Aqui vemos um infiltrado rapidamente denunciado e colocado na traseira do pelotão

volta.jpg

 

Ensaio sobre a cegueira de João Semedo

João Semedo : Ainda hoje me surpreende a facilidade e a rapidez com que tudo implodiu no Leste. (Capa do Público )

Talvez por falta de democracia e liberdade e porque as pessoas viviam mal em horríveis prédios, horrorosos, com centenas de moradores e com falta de bens essenciais. Mesmo com muros da vergonha os cidadãos fugiam. Porque lhes faltava o que viam no Ocidente. Enfim, tudo o que João Semedo andou uma vida a defender e a querer impor-nos a nós portugueses. No PCP e agora no BE.

Há cegueiras incuráveis.

 

 

 

 

publico-2016-08-07-4e0740-x.jpg