Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Que dirão os Belgas sobre as 35 horas Portuguesas ?

Os funcionários públicos Belgas confrontam-se com um aumento das 40 horas de trabalho para as 45 horas. Manifestam-se na rua contra a medida. Que dirão eles dos preguiçosos portugueses que exigem trabalhar somente 35 horas ?

E quando andamos por essa Europa de mão estendida a pedir mais dinheiro e a reestruturação da dívida a quem trabalha mais horas do que nós ? Mas se trabalhar menos em Portugal não aumenta a despesa do estado porque andará o governo Belga a aumentar o horário de trabalho ? Masoquismo ?

António Costa vai pagar bem caro as cedências que faz ao PCP e ao BE. Ou melhor nós os contribuintes vamos pagar caro.

Dançar como uma borboleta picar como uma abelha

Morreu " o maior boxeur de sempre". Classius Clay também conhecido por Muhammed Ali . Aos 22 anos foi pela primeira vez campeão mundial de pesados derrotando Sony Frazier. Dançava como um peso pluma e batia como um peso pesado.

No mais célebre combate entre pesados, Muhammed Ali bateu George Foreman, encostando-se às cordas à mercê dos socos do seu adversário gigante durante oito assaltos. Com o adversário esgotado derrotou-o por KO. Morreu esta madrugada aos 74 anos. Até sempre.

 

O subsídio que pode reduzir as desigualdades

Um subsídio para todos a troco de nada. Única forma de acabar com as desigualdades. Comprar tempo para si e para os seus.

Há quem diga que isso seria destruir a economia tal qual a conhecemos mas a verdade é que a indústria cada vez mais roboritizada não cria empregos para todos.

Os promotores do movimento defendem que com o RBI é dada a oportunidade a cada um de “escolher livremente um trabalho verdadeiramente gratificante, social e economicamente produtivo ou outras formas não remuneradas de contribuir para a sociedade“. “O RBI também liberta tempo para dar um novo fôlego à atividade associativa, ao envolvimento cívico, aos projetos profissionais e à criação artística, recriando laços sociais, familiares e de confiança nas nossas cidades, bairros e aldeias”, .

No resto da Europa, foi aberta em 2013 uma Iniciativa de Cidadania Europeia (ICE) neste sentido, mas esta fechou com menos de um terço das assinaturas necessárias para que a medida fosse estudada e discutida pelo Parlamento Europeu (seria necessário um milhão de assinaturas). Ainda assim, uma sondagem recentemente feita a nível europeu revelou que 58% dos inquiridos sabem do que se trata quando se fala em RBI e 64% dizem que votariam a favor se fossem diretamente consultados sobre o tema. A ideia parece ser particularmente bem recebida em Espanha e Itália.