Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Um ex-ministro da educação socialista com a neta no colégio

Só hoje o vi lá, mas depois disseram-me que a filha já lá andou há 30 anos atrás. Um ministro socialista da educação defensor do ensino público mas não da escola pública, manda a verdade que se diga.

Agora está completo o ramalhete. Das pessoas que melhor conheço todas pagam a frequência dos filhos nos colégios privados. A maioria mantém aquele discurso politicamente correto da escola pública. Pois sim, para os filhos de quem não tem uma boa escola pública na vizinhança ou não pode pagar uma boa escola privada.

Porque a questão central não é se a rede pública cobre ou não as necessidades. A questão central é que todas as crianças têm o direito de escolher e frequentar uma boa escola. Seja pública ou privada. A questão central é o interesse dos alunos não a ideologia de quem quer controlar politicamente o ministério.

O verdadeiro custo para os contribuintes são as más escolas que as famílias não escolhem. Acho mesmo que é uma humilhação para as escolas públicas que estão vazias obrigar os alunos a preenchê-las.

Será um castigo ?

A velha senhora corrige o cão e o jovem corrige a senhora

Ali na Guerra Junqueira, a senhora bem vestida e bem penteada, passeava a cadelinha. Em certa altura elevou a voz enquanto agitava a trela . De imediato o jovem namorado largou a mão que o ligava à namorada para se acercar da velha senhora e a corrigir. Então a senhora gostaria que lhe fizessem o mesmo a si?

A senhora nem queria acreditar. Então você não vê que eu nem toquei na cadelinha limitei-me a ralhar com ela para a impedir de comer coisas que estão no chão e que só lhe fazem mal ? Você está bom da cabeça ?

A namorada olhava para mim com olhar assustado. Queres ver que este se vai meter na conversa? E eu para ela. Então agora toda a gente se sente na obrigação de fazer uma cena destas diária ? Diga lá ao seu namorado que a cadelinha é a única companhia da senhora e que ele não precisa de se exibir para você gostar dele. A pobre da rapariga fez um sorriso envergonhado e afastou-se uns metros. Fiquei na dúvida. Será que o rapaz não está a ter uma atitude de violência verbal para alguém que podia ser sua avó?

A cadelinha antecipou-se. Começou a ladrar e a atirar-se às calças do Romeu. A defender quem a trata todos os dias, que passeia com ela, que lhe dá amor e carinho. Aí voltei-me para o cegueta e perguntei-lhe. A cadela não lhe respondeu já ? Olhou para mim com o ar de quem precisava sair dali por um qualquer buraco. Dei-lhe a deixa. Olhe a sua namorada que está à sua espera. 

A velha senhora tem mais um problema na vida. Não pode passear a cadelinha descansada.

 

 

 

Eles estão tão preocupados com os dinheiros públicos

Não faço ideia se o ministro Tiago usou ou não mal os subsídios do Estado mas sei que estamos perante uma pessoa que beneficiou deles. E se formos ver o CV da sua secretária de estado ficamos com a mesma ideia. Toda a vida ou quase a depender de subsídios ou de emprego no estado. Mas são estes subsidio dependentes que estão preocupados com o dinheiro público que é usado na formação de milhares de jovens. Percebe-se a coerência e o que os move?

Há uma grande diferença entre os jovens e os que vivem à sombra do estado ? Há, os jovens na sua maioria fogem de uma má escola enquanto os prof. doutores procuram as escolas de excelência até no estrangeiro. Tem piada não tem ?

Se um extraterrestre visse o espaço económico dentro do perímetro de Portugal, julgaria que os mais pobres dos pobres são funcionários públicos, maquinistas de metro, motoristas da Carris, professores em geral, taxistas e todo o tipo de sujeito que consegue falar mais alto que os outros. E não há como negá-lo! Dos 400 milhões de euros de custos do estado adicionais que foram decididos logo no início desta legislatura, 9 milhões foram para pensionistas com pensões inferiores ao salário mínimo, sendo os restantes 391 milhões para devolver rendimento aos funcionários públicos.

E são todos estes que querem tirar a escola subsidiada aos jovens alunos.