Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Agora o inimigo a combater é o turismo

Na Europa há 400 milhões de pesssoas que constituem a classe média. Nunca tantos viveram com esta qualidade de vida durante tanto tempo. É esta classe média que faz turismo. Bons empregos e boas pensões.

Mas o problema, segundo os estatistas cá do sítio,  é quando acontecer à UE o que está a acontecer aos países de economia mais estatal - a Venezuela em 15 anos caiu na pobreza. O Brasil está à beira de uma revolução, tal como  Angola. A China tem um bilião de pobres etc, etc...-  nessa altura, Portugal com a economia muito dependente do turismo, vai parar ao charco. Sem turistas, entretanto caídos na miséria, já será tarde. Lisboa descaracterizada e o Porto para lá caminha. A semana passada fecharam uma loja com 200 anos para abrirem um restaurante.

Não lhes ocorre que a economia dos países da UE mesmo com os crimes de lesa economia que praticam, como aqui em Portugal, não caiem na miséria e a sua classe média pode perder algumas regalias mas não desaparece. E não querem ver, os estatistas, que esta é a grande diferença entre a democracia e a economia social de mercado e os países governados por ditadores que abocanharam o estado que por sua vez abocanhou a sociedade civil e a livre iniciativa.

Partem deste axioma : mas se os países socialistas ( que não são) estão a patinar na miséria mais tarde ou mais cedo a democracia e a economia social de mercado também vai patinar e perder a sua classe média .

Todos iguais e na miséria na UE e lá se vai o turismo português . É desejo ou pedido ?

O actual aumento do desemprego tem a ver com o aumento do salário mínimo ?

Ainda temos que esperar para confirmar nos próximos meses mas os indicadores não são positivos. O aumento do salário mínimo pode realmente significar a tendência dos empresários empregarem menos . Está nos livros. Beneficia quem trabalha e prejudica quem procura trabalho.

Teria sido necessário um milagre de aumento de produtividade para esses aumentos não se terem reflectido na evolução do emprego, e a verdade é que isso parece estar mesmo a acontecer.

Temos assim que o ano passado a média de perda de empregos nestes meses ( Nov/2015 - quando este governo entrou em funções) foi de 4,65 mil por mês e, este ano, esse valor saltou para 16,17 mil. ( até Fev ) Esperemos pelos próximos meses para ver se esta tendência se confirma, ou não, mas a verdade é que todos os últimos indicadores económicos não são positivos.

Parece que o PS tem uma fixação em controlar a investigação criminal

A PJ está em luta . O governo está a retirar as polícias internacionais do âmbito da PJ e a concentrá-las na Administração Interna, ficando assim na dependência do governo.

Em causa está a decisão, tomada esta semana pelo Conselho Superior de Segurança Interna
(CSSI), presidido pelo primeiro-ministro, António Costa, de transferir as bases de dados da Europol e da Interpol, atualmente localizadas na PJ, para a tutela da secretária-geral do Sistema de Segurança Interna (SSI). "Parece que o PS tem uma fixação em controlar a investigação criminal", lamenta o presidente da ASFIC, recordando o "pecado original" que foi a criação do próprio SSI, "no tempo em que era primeiro-ministro José Sócrates".

Hoje a partir das 17,30 horas há concentração de protesto. A separação de poderes com o PS não é a mesma coisa.

A elite comunista mundial aos papéis no Panamá

Já aí corre que são os Estados Unidos que estão a financiar os jornalistas que investigam os Papéis do Panamá. A dúvida está a instalar-se pela mão dos comunistas e bloquistas. Pudera, que os capitalistas lá escondem dinheiro não é surpresa para ninguém mas as virgens comunistas? Pode lá ser !

Colocando assim a questão só os comunistas têm a perder  e vá de instalar a suspeição . O importante deixa de ser a investigação e o que divulga publicamente e passa a ser a mão atrás do arbusto ( ou a mão que embala o berço). Mais importante que a verdade é manter fora de dúvidas a superioridade moral das elites comunistas. Para isso nada melhor que denunciar o imperialismo americano.

Paralelamente, os actos terroristas na Europa, e as guerras nos países muçulmanos, devem-se à indústria de armamento dos US que precisa de vender armas. Boa notícia, é fácil acabar com a guerra, basta acabar com a indústria de armamento.