Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Subir o IVA para 25% não seria surpresa

Aqui o Banda Larga já andava a cheirar a coisa e já fizeram a pergunta a António Costa. É o IVA que vai agravar sr. Primeiro Ministro ? Quando se começa a falar de aumento de impostos não há fumo sem fogo. É que a despesa anunciada pelo governo é certa mas a receita, ainda para mais vinda de impostos indirectos é muito incerta. E o crescimento da economia que o governo já previu em 2,4% prevê agora 1,7% logo, menos impostos.  Alguma receita terá que ser aumentada.

 

diabo.jpg

 

As exportações são as vedetas

exportações.jpg

 Dinâmicas na economia a mais virtuosa das quais são as exportações .Em 2015, a economia portuguesa cresceu 1,5%, deixando o produto interno anual nos 179 mil milhões de euros, o que, em termos reais, representa apenas 95,4% do valor de 2010 – o ano que antecedeu a intervenção da troika – e se aproxima do PIB de 2002. Ou seja, mesmo com dois anos de recuperação (2014 e 2015), Portugal ainda está a produzir mais ou menos o mesmo que no início do século XXI. 

Esta evolução traduz várias dinâmicas distintas na economia após 2010, sendo a mais virtuosa o significativo crescimento das exportações, que estão hoje 29% acima do valor registado nesse ano. Veja em baixo as evoluções também no consumo privado e público, no investimento e nas importações.

A economia cresceu 1,5% em 2015 - É a taxa de crescimento mais elevada desde 2010

Puxada pelo consumo privado e pelas exportações a economia cresceu 1,5% em 2015. É preciso recuar a 2010 para encontrar semelhante desempenho.

O investimento é que não melhora o que é a sentença de maior empobrecimento para o país e não criação de postos de trabalho. O crescimento previsto para 2016 é de 1,6%/1,7% com o perigo de degradar as contas externas e de haver derrapagens orçamentais. E vamos aguardar pelas medidas que Bruxelas não deixará de exigir.

Estávamos no caminho certo vamos lá ver se a ambição de chegar ao poder não estraga tudo.