Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

A "festa" da Parque Escolar SA

Moro aqui ao lado da escola António Arroios. Está em obras há mais de dois anos e mais que duplicou as instalações. Aliás, apesar das minhas "inspecções" ainda não percebi bem quando é que acabam. Ainda há terreno livre.

Também "inspecciono" a Padre António Vieira que continua em obras faraónicas. Um enorme edifício foi acrescentado ao construído inicial. As obras na António Arroio, orçadas em 21 milhões de euros,  foram realizadas no âmbito do programa de modernização das escolas secundárias a cargo da empresa pública Parque Escolar. As obras nunca correram bem”, comenta  o director da António Arroio, que aponta também o dedo à fiscalização da empreitada e ao arquitecto projectista. No ginásio e balneários a infiltração de água torna os pavimentos escorregadios e ensopa a instalação eléctrica. Mas estes não são os únicos problemas de segurança que ali existem. Há outros que derivam de "erros do projecto” que no entender de José Paiva, que é arquitecto de formação, “são imperdoáveis”. Por exemplo, as portas de acesso ao ginásio, com uma envergadura de três metros, estão sobredimensionadas e em risco de queda: “Tapámos as portas com colchões, para que ninguém se encoste a elas, porque se uma cai mata alguém.”  Também os caixilhos das janelas do ginásio foram concebidos “com saliências para o interior, com arestas muito afiadas” que são um perigo para os alunos.

Projectos entregues aos amigos às dúzias sem concurso público!

 

 


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.