Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Felizmente que a bancarrota chegou primeiro que o TGV

Só em estudos o estado gastou 153 milhões. E é preciso não esquecer que os governantes sabiam tanto de TGV como eu de lagares de azeite. Então não é verdade que Durão Barroso apresentou uma proposta de projecto com cinco (5) linhas ? E que se passou para três linhas e depois para o "L" deitado ? E que estava prevista uma estação - obra de arte de um dos nossos prestigiados arquitectos - em Évora, a menos de 200 Kms de Lisboa ? A estação era para ver passar comboios ou era mesmo para o TGV fazer transbordo de passageiros? Lá  se ia a média dos 300 Kms/h...

A Parceria Pública/Privada prevista era mais um assalto ao contribuinte, com rendas fixas. Inviável para o estado mas com todas as garantias para os privados. É claro que, estes, estavam a fazer pela vida mas que dizer dos negociadores por parte do estado?

As previsões para o número de passageiros era a pedido e o que se quisesse, até trazer espanhóis para a Costa da Caparica. A banhos, mas quem mais uma vez teria apanhado uma banhada eram os do costume. Os contribuintes!