Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

A importância das vírgulas

Medeiros Ferreira  em entrevista ao Jornal i : " Se o PS não responde à situação em seis meses, há uma crise de regime" mas que podia ser " se o PS não responde à situação, em seis meses há uma crise de regime". Ora seis meses, é Maio/ Junho é a saída da Troika. Segundo Medeiros Ferreira, ou o PS até à saída da Troika arranja uma alternativa ou temos uma crise de regime.

Nós andamos a ver "vanguardas" a vender esta ideia, a escalar escadarias, a ameaçar em reuniões "magnas", manifestações espontâneas, mas como é que há uma crise do regime se o povo não comparece? Mas para o povo comparecer é preciso ter razões para tal.

É, óbvio, que Medeiros Ferreira alinha pelo mesmo diapasão que aponta para o essencial. Não deixar que a troika se vá embora a dizer que o país está no bom caminho e que o seu trabalho acabou. Essa mensagem para os mercados é música, ainda para mais com essa chatice da economia estar a crescer, as exportações a mais que compensarem o fraco consumo interno e com o desemprego a cair.

Uma situação destas é trágica para o PS e,  por isso mesmo, é que a vírgula está onde está e não mais atrás. Porque se tudo isto acontecer sem que o PS apresente uma proposta séria e competente já ninguém acreditará que o faça um ano depois. Nas legislativas.

Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.