as autoestradas da informação

31
Ago 15

Diz o Presidente do Sindicato dos Magistrados do Ministério Público :

No tempo do Dr. Pinto Monteiro, quem tinha processos mediáticos, como regra, acabava com um processo disciplinar”, afirma. “Com este tipo de atitude não havia grande incentivo para investigar pessoas poderosas”.

António Ventinhas respondia à questão da jornalista sobre se um procurador era alvo de pressão. À primeira António Ventinhas não foi direto ao assunto, mas a jornalista insistiu. E o procurador disparou:

Suscitava-se uma grande polémica à volta daqueles colegas que estavam a investigar processos sensíveis e, muitas das vezes, os colegas acabavam com processos de averiguações ou processos disciplinares. É claro que, com este tipo de atitude, não havia grande incentivo para investigar pessoas poderosas, porque determinadas atuações podiam acabar em prejuízo para a carreira”, disse o dirigente sindical.

 

publicado por Luis Moreira às 12:51

É preciso voltar a 2010 para encontrar uma taxa de desemprego de 12,1%.

A estimativa provisória da população empregada foi de 4.524,8 mil pessoas, mais 0,6% do que no mês anterior (mais 24,9 mil pessoas).

Também esta segunda-feira, num outro relatório, o INE confirmou a taxa de crescimento do PIB de 1,5% no segundo trimestre, na comparação homóloga, como já tinha sido avançado pela estimativa rápida divulgada no dia 14 de agosto.

população.jpg

 

publicado por Luis Moreira às 11:38

30
Ago 15

Merkel é clara : É necessário dar uma resposta clara à questão de “como podemos integrar com maior rapidez nas nossas vidas aqueles que precisam de protecção e como devemos dizer também com mais rapidez aos que não têm direito a permanecer aqui que devem regressar a casa”, adiantou. A chanceler .

Para já todos precisam do conforto de um tecto, nem que seja o de uma tenda, agora que vem aí o inverno especialmente rigoroso naquelas paragens.

“Cada pedido de asilo deve ser analisado rapidamente”, defendeu Valls, adiantando que os refugiados “devem ser tratados com dignidade, alojados e tratados” ao mesmo tempo que pedia “firmeza” contra a migração económica irregular.

E é cada vez mais claro que não é possível a Europa absorver todos os migrantes. Devem ficar os refugiados de guerra e os que tenham trabalho. A solução está nas medidas que devem ser tomadas nos países de origem.

publicado por Luis Moreira às 21:52

Um mercado de 400 milhões de consumidores. Uma das fortes e competitivas economias do mundo. Á frente na capacidade de investigação e investimento. Com uma população a gozar níveis de qualidade de vida sem paralelo . Um mercado de trabalho cheio de oportunidades. Democracia, liberdade e mérito.

É tudo isto o que os nossos arrebatados revolucionários querem deitar borda fora.

horizonte-2020-financiamento.jpg

 

 

publicado por Luis Moreira às 18:39

É a esta pergunta que as farmacêuticas respondem quando estabelecem um preço a um medicamento de que têm o monopólio. Interessa pouco o custo que muitas vezes não é assim tão alto. Mas o sistema de patentes leva ao monopólio e ao preço proibitivo.

A resposta a esta questão tem que ser tomada também em monopólio dos compradores. Todos os países compradores devem ser representados por uma comissão única por forma a chegarem a um preço justo e razoável. Por um lado temos a capacidade das farmacêuticas investigarem - o que custa muito dinheiro, anos de investigação para chegarem a uma molécula - e por outro lado a vida dos doentes.

“Nenhuma vida deve ser considerada demasiado cara, mas nem todas as medidas médicas têm um custo aceitável para o benefício que proporcionam” .

Se o monopólio é proibido em outras actividades mal se compreende que se aceite na actividade farmacêutica.

 

publicado por Luis Moreira às 14:53

Não está na natureza de Maria de Belém dar um passo com o alcance estratégico de se candidatar à Presidência da República nas presentes circunstâncias, por iniciativa própria. E muito menos quando ao nível do Secretário Geral do seu partido de sempre já tinha sido dado o sinal de apoio a outro candidato.

A candidatura de Maria de Belém vê na possível vitória de Marcelo Rebelo de Sousa um mal menor,  impedindo antes de mais que Sampaio da Nóvoa possa ser o candidato das esquerdas incluindo o PS. O apoio explicito do PCP dado por Jerónimo de Sousa ontem, na entrevista na TVI, a Sampaio da Nóvoa, é a peça que faltava para se compreender o que está em jogo.

Marcelo Rebelo de Sousa está próximo da Igreja Católica e de outras forças na área do centro esquerda e do centro direita tal qual Maria de Belém. De forma alguma estenderiam a carpete vermelha a Sampaio da Nóvoa que tem como objectivo unir as esquerdas - leia-se ala esquerda do PS, PCP, BE, Livre e Agir.  Ainda hoje Carvalho da Silva, na "rentrée" do BE , anunciou esse objectivo .

E Marcelo já não tem pretexto nenhum para hesitar.

 

publicado por Luis Moreira às 00:49

29
Ago 15

Diz Rangel que com um governo PS Sócrates e Ricardo Salgado não estariam a ser investigados. Ofensa à Justiça ou acusação ao intervencionismo dos governos PS ?

"Foi durante este Governo, não é obra deste Governo, não é mérito deste Governo, mas foi durante este Governo que pela primeira vez em Portugal houve um ataque sério, profundo e consistente, à corrupção e à promiscuidade", afirmou Paulo Rangel .

Francisco Assis já veio a público acusar Rangel que se trata de uma ofensa ao poder judicial embora o eurodeputado sublinhe que o mérito é da justiça . Mas acrescenta que há um ar mais democrático e mais respirável .

E não há dúvidas que foi com este governo que pela primeira vez em Portugal altos dirigentes da política e da economia foram confrontados com a Justiça. É coincidência ? 

publicado por Luis Moreira às 19:11

A factura já chegou em parte e continua a chegar. Do tempo de Sócrates há que pagar nos próximos anos 41 mil milhões.

capadn2.JPG

 

publicado por Luis Moreira às 00:57

28
Ago 15

Não só sob o ponto de vista humanitário mas também económico. Frequentemente os países que mais recebem imigração são os países mais ricos que ganham em participação económica e na demografia.

Portugal tem uma grande parte do território pouco povoado para onde poderá orientar os imigrantes e criar oportunidades de emprego na agricultura e na floresta . Mas são precisas politicas activas de emprego por parte do estado por forma a não deixar ao Deus dará os refugiados.

Após o investimento em infra-estruturas, Corina Cretu ( Comissária europeia) defendeu a necessidade de, no novo programa comunitário Portugal 2020, se apostar "mais na inovação, investigação, desenvolvimento, energia e na agenda digital".

A prioridade deve passar pela criação de emprego, principalmente para os mais jovens, de forma a reduzir as assimetrias entre as várias regiões da Europa, apontou a comissária responsável pelas políticas de coesão na União Europeia.

publicado por Luis Moreira às 23:41

Confiança

Confiança dos consumidores em máximos de 14 anos

 

publicado por Luis Moreira às 17:19

Agosto 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9





pesquisar
 
Contador